| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

JORNAL AMATA
Desde: 13/06/2001      Publicadas: 1128      Atualização: 21/02/2020

Capa |  Altamira  |  AMATA ASSOCIE-SE  |  Castelo de Sonhos  |  Desmatamento na Amazônia  |  ECOLOGIA  |  Educação Ambiental  |  ESPORTES  |  Hidrelétrica de Belo Monte  |  HIDRELÉTRICA DO TAPAJÓS  |  Opinião  |  Política  |  Poluição  |  SAUDE  |  Transamazônica  |  Turismo no Xingu


 Política

  24/07/2019
  0 comentário(s)


CONTRATOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE VITÓRIA DO XINGU, APONTA SUPER FATURAMENTO E ILEGALIDADE

O Ministério Público Estadual de Altamira, incansavelmente vem a todo custo combate corrupção no pequeno município do Oeste Paraense, que todo mês embolsa (um prêmio da mega sena) através dos "Royalties da Usina de Belo Monte."

CONTRATOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE VITÓRIA DO XINGU, APONTA SUPER FATURAMENTO E ILEGALIDADE

           

Em 2018 a Promotoria de Justiça da 5ª. PJ de Altamira, determinou abertura de inquérito civil público 58/2018, para investigar a Câmara Municipal de Vitória do Xingu. Objetivo da investigação era para saber ser a Câmara estevava “superfaturando os contratos de escritório de advocacia e de contabilidade.”

            A pedido do Promotor de Justiça Thiago Ribeiro, determinou ao Gati (Grupo de Apoio Técnico Interdisciplinar – Eixo Contabilidade) elaboração de Nota Técnica dos contratos entre as empresas e Câmara Municipal.

Órgão de apoio do MPPA elaborou Nota Técnica 10/2019, com informações de outras Câmaras Municipais da região o seguinte parecer:

Após análise, identificou-se que os serviços Profissionais especializados são de difícil mensuração devido às diversas variantes entre as Câmaras Municipais (nº de habitantes, valor do repasse, arrecadação municipal, dimensão da Câmara, movimentações dos recursos, quantidade de matéria, nível do profissional e etc). Porém a título de informação, realizou-se a pesquisa levando em consideração os serviços semelhantes e a partir do confronto, obtiveram-se os seguintes resultados resumidos no quadro abaixo:

QUADRO RESUMO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 6/2018-005 CMVX

 

 

Empresa

contratada

 

Valor de aquisição dos Serviços de Assessoria e Consultoria Contábil contratado pela CMVX- (Valor Mensal)

 

Valor de mercado dos mesmos itens pesquisados- (Valor Mensal)

 

Total da diferença encontrada (Contratada

X

Pesquisada

 

 

Variação

Percentual

(%)

G. S. ELGRABLY CONSULTORIA E CONTABILIDADE

 

 

 

18.000,00

 

 

 

8.000,00

 

 

 

10.000,00

 

 

 

125,00%

SERGIO ROBERTO RODRIGUES LIMA

 

 

 

18.000,00

 

 

 

7.000,00

 

 

 

11.000,00

 

 

 

157,14%

 

QUADRO DO RESUMO DO (PROCESO ADMINISTRATIVO NÚMERO 06/2018-006 CMVTX)

Empresa contratada

Valor da aquisição dos serviços de assessoria e consultoria jurídica contrato pela CMVTX

Valor de mercado dos mesmo itens pesquisado

Total da diferencia encontrada (Contratada

X

Pesquisada)

Variação

Percentual

(%)

VIEIRA & GUIMARÃES ADVOGADOS ASSOCIADOS S/S

 

 

 

 

25.000,00

 

 

 

 

11.000,00

 

 

 

 

14.000,00

 

 

 

 

127,27%

JUNIOR LUIS DA CUNHA

 

25.000,00

 

4.500,00

 

20.500,00

 

455,56%

 

            Como se pode verificar, após seleção e pesquisa por este GATI, o valor mensal do serviço Contábil contratado foi de R$ 18.000,00, representa 3,75% do repasse Duodécimo mensal (Anexo I NT Contábil). Além disso, para prestar o serviço semelhante às Câmaras Municipais de Altamira e de Medicilândia, que possuem população maior que o município de Vitória do Xingu (Anexo II NT Contábil), a empresa G. S. ELGRABLY CONSULTORIA E CONTABILIDADE e o contador SERGIO ROBERTO RODRIGUES LIMA, firmaram contratos (Anexo III 6 e 7 NT Contábil ) na quantia mensal de R$8.000,00 e R$ 7.000,00, equivalente 1,5% e 4,4% do repasse do Duodécimo mensal ( Anexo I NT Contábil), valor bem abaixo do que foi cobrado no contrato analisado, uma diferença com possível superfaturamento ocorrido no valor de R$ 10.000,00 e R$ 11.000,00, que corresponde a um resultado percentual encontrado possivelmente superfaturado de 125% e 157,14%, respectivamente.

            Em relação ao PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 6/2018-006 CMV, verificou-se que o valor do serviço contratado foi de R$ 25.000,00 por mês, ante o valor do serviço semelhante pesquisado no mercado, público, equivalentes ao montante de R$ 11.000,00, para a empresa VIEIRA & GUIMARÃES ADVOGADOS ASSOCIADOS S/S (Câmara de Altamira) e no caso da Pessoa Física JUNIOR LUIZ DA CUNHA (Câmara de Brasil Novo) de R$ 4.500,00, ,que representam uma diferença com possível superfaturamento ocorrido no montante de R$ 14.000,00 e de R$ 20.500,00, que correspondem a um resultado percentual encontrado possivelmente superfaturado de 127,27% e 455,56%, respectivamente”.

         O órgão de apoio MPPA, realizou pesquisas em outros municípios da região e fez comparação com o do Município de Vitória do Xingu:

COLETA DE DADOS

 

VITÓRIA DO XINGU

ALTAMIRA

MEDICILÂNDIA

BRASIL NOVO

POPULAÇÃO

14.987

113.195

31.213

15.190

REPASSE DUODECIMO/ MENSAL

480.000,00

525.000,00

160.378,50

91.000,00

SERVIÇOS CONTABEIS

18.000,00

8.000,00

7.000,00

 

SERVIÇOS JURIDICOS

25.000,00

11.000,00

 

4.500,00

            Os dados coletados pelo órgão de apoio do MPPA/Gati, demonstra possível superfaturamento na contratações das empresas prestadoras dos mesmos serviços, que na realidade, foi verificado pelo órgão do MPPA que são mesmo serviços na região e com maior intensidade populacional e órgão finalizando com a conclusão “se verificou um possível superfaturamento de 125% e 157,14% no Processo Administrativo nº 6/2018-005 CMVX E 127,27% e 455,56% NO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 6/2018-006 CMV”.

            Outra linha de Investigação MPPA relativa a Câmara Municipal é inquérito civil público 59/2018, que investiga a Licitação da contratação da empresa que forneceu os veículos.

O relatório produzido pelo Gati/Altamira, estar concluído desde março desde ano, no gabinete da 5ª. PJ.  O relatório, apresenta diversas irregularidades praticada pela Câmara de Vereadores (a frente época Vereador Nilson do Ônibus) e Portal do Jornal Amata teve acesso as seguinte irregularidades que estar no relatório do MPPA/Gati:

∙ Não consta o termo de referência contendo a justificativa da necessidade da contratação, característica do objeto e indicação do recurso orçamentário para aquisição;

∙ Não consta nos autos a comprovação de existência de recursos orçamentários para a aquisição do serviço, conforme Art. 7°, § 2° c/c art. 14, lei n° 8.666/93 e suas alterações, apenas consta a solicitação pelo presidente da Câmara –fl 14-anexo I;

∙ A pesquisa de mercado não apresentam datas e não tem como saber se estão dentro de sua validade e se suas datas não se diferenciem em mais de 180 (fl 15 a 17) - art. 2º, IV, IN nº. 03/2017 – SLTI/MPOG;

∙ O contrato n° 20170021- CMVX (fls 293 a 300) não foi firmado nas mesmas condições da proposta vencedora e ata de registro de preço (fls 264 a 266), conforme demonstrado acima;

 ∙ A contratação foi efetuada conforme as quantidades apresentada, as fls 293- anexo I, porém após a análise das notas fiscais emitidas, constatou-se as seguintes divergências: - No item 01 foram contratados 05 veículos por mês, mas as notas ficais nº 166, nº 171, nº 180, nº 208 e nº 215, apresentaram prestação de serviço de 6 veículos. - O item 04 consta a contratação de 6 veículos ao mês, porém a nota fiscal nº 231 apresenta 9 veículos utilizados no mês de fevereiro de 2018.

PREGÃO Nº9/2017-004PMSJP

∙ No credenciamento do certame do pregão nº 9/2017-004PMSJP (processo que deu origem a ata aderida pela CMVX) foi apresentado o Sr. Sarney Silva do Nascimento como procurador (fl 96-anexo I), o qual foi responsável por todo o certame, conforme assinaturas as fls 108, 109, 110, 123(proposta de preços), 239, 300 (contrato) e etc.- anexo I. Porém, após análise, verificou-se que a procuração não faz referência a empresa F Santiago da Silva Eireli-Me e sim a empresa J.A Avila Filho_Me, CNPJ 05.026.869/0001-29.

∙ Após analisar os autos constatou-se que a empresa J.A Avila Filho_Me, com nome fantasia Bioma Brasil Consultoria, projetos e serviços ambientais, forneceu a cotação de preço (fl 15- anexo I) para o processo de carona que deu origem ao contrato 20170050-CMVX

∙ Em pesquisa ao site da Receita federal, verificou-se que o Sr. Sarney Silva do Nascimento é o proprietário da empresa Hp serviços e locações Ltda, CNPJ 13.508.667/0001-41 (empresa Inapta), empresa que também forneceu a cotação de preço para o processo carona (fl 17- Anexo I) e que apresenta o mesmo endereço da empresa F. SANTIAGO DA SILVA EIRELI-ME, conforme ANEXO XI do parecer contábil.

∙ Verificou-se que a empresa F. SANTIAGO DA SILVA EIRELI-ME teve alteração contratual em 16/01/2017 (fl 101/102), antes o nome empresarial era H P DO NASCIMENTO JUNIOR EIRELI-ME, administrada pelo Sr. Hiram Paes do Nascimento Junior, o qual apresenta o mesmo sobrenome do Sr. Sarney Silva do Nascimento.

∙ O balanço patrimonial da F. SANTIAGO DA SILVA EIRELI-ME não condiz com a demonstração contábil apresentado pela JUCEPA, conforme exposto nos quesitos acima.

∙ Observou-se que o edital do pregão Presencial apresenta especificações do serviço licitado, por itens de 01 a 04(fl 50 e 53) diferente do modelo das propostas apresentadas no certame (fls 114 a 135- Anexo I), onde as mesmas estão apresentadas por lotes, sendo esses lotes divididos por secretarias.

Novos contratos com escritórios de advocacia foram feitos sem licitações com a CMVTX e os valores ultrapassam R$ 250 mil reais, e agora estão na mira do MPPA. O MPPA já tinha recomendado recentemente a Prefeitura de VTX para cancelar esses contratos.

Outras investigações estão em andamento na Prefeitura e na Câmara de Vereadores.

O Portal do Jornal Amata, entrou em contato com empresário Sebastião Pretinho conhecido popularmente (Pretinho Cuiabano), que relatou que foi prejudicado pelo esquema fraudulento. Pretinho revelou que entrou com um pedido de licenciamento para a construção de Posto de Combustíveis, “veja o esquema (fraudou) as licenças e o empresário, que ganha as licitações no município, construiu o Posto de Combustível”.  “Olha eu entreguei para o Ministério Público provas irrefutáveis da fraude e ainda entrei com ação na Justiça, desabafa empresário.”

Junto com o Pretinho outras centenas de munícipes aguarda por Justiça... 

Diversos cidadãos, acha que o Procurador Geral do Ministério do Pará, Gilberto Martins, deve tomar providencias urgentes, pois o município estar faltando de tudo.

Os citados na matéria, caso queiram se manifestar o Portal do Jornal Amata esta disposição.

 

 

 

 




  Mais notícias da seção Reportagem no caderno Política
21/02/2020 - Reportagem - A BRIGA PELO PODER MUNICIPAL DE VITORIA DO XINGU, "PODE LEVAR O MPPA DEFRAGAR UMA GRANDE OPERAÇÃO"
O município de Vitória do Xingu é palco de grandes investigações (não concluídas) pelos diversas órgãos e várias frentes de investigações (Ex-Prefeito Erivando Amaral e os seus secretários, atual Vice-Prefeito Murilo Sousa e hoje Prefeito José Caetano e também vereadores da Câmara Municipal)....
20/02/2020 - Reportagem - TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS REPROVOU AS PRESTAÇÕES DE CONTAS DOS EX-PREFEITOS ERIVANDO AMARAL E LIBERALINO NETO E DETERMINA PERDA DE FUNÇÃO PÚBLICA DE
O julgamento ocorreu hoje (20/02/2020) em Belém, após instrução dosprocessos dos ex-gestores, foram constatadas diversas irregularidades:...
19/02/2020 - Reportagem - TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, NEGA PEDIDO DO PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE VITÓRIA DO XINGU E CONFIRMADA CASSAÇÃO
O Presidente da Câmara de Vereadores do Município de Vitória do Xingu vereador Westerning Flor de Lima Júnior conhecido popularmente por Tái, teve negado o seu Recurso em Agravo de Instrumento, pelo Ministro Relator OG FERNANDES...
18/02/2020 - Reportagem - EX-PREFEITO DE VITÓRIA DO XINGU, ERIVANDO AMARAL É NOVAMENTE CONDENADO PELA JUSTIÇA...
O EX- Prefeito Erivando Amaral (MDB) de Vitória do Xingu no sudoeste paraense é mais vez foi condenado pela Justiça estadual do Pará....
15/02/2020 - Reportagem - APÓS AUDITORIA DA CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO - CGU , EM VITÓRIA DO XINGU, MINISTÉRIO PÚBLICO INICIA INVESTIGAÇÕES.
Relatório de Auditória produzido pela Controladoria Geral da União - CGU no município de Vitória do Xingu no sudoeste paraense e entregue ao Ministério Público Federal de Altamira, que já determinou abertura de vários procedimentos dentre o encaminhamento a Policia Federal tanto de Altamira,....
12/02/2020 - Reportagem - Ministerio Publico volta a denunciar o ex prefeito de Vitoria do Xingu
O Ministério Público Estadual de Altamira no oeste paraense protocolou nova ação na Justiça Estadual, a ação é contra o Ex-Prefeito de Vitória do Xingu Erivando Amaral, a Empresa R.F MARINHO EIRE "ME e proprietário Rogerio Ferreira Marinho e o Ex-Secretário de dministração Paulo Renato Carvalho...
09/02/2020 - Reportagem - MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL DO PARÁ, INVESTIGA CONTRATOS DA EX-SECRETÁRIA MUNICIPAL DE VITÓRIA XINGU JOSEILDA AMARAL
Investigação iniciada pelo Promotor de Justiça Gustavo Rodolfo Ramosde Andrade, que determinou abertura de Inquérito Civil Público de número037/2013-MP/5ºPJ/ATM...
07/02/2020 - Reportagem - VICE-PREFEITO DE VITÓRIA DO XINGU, TEM PEDIDO NEGADO PARA AFASTAR PREFEITO JOSÉ CAETANO DO CARGO
O Vice-Prefeito de Vitória do Xingu no sudoeste paraense Murilo Ferreira de Sousa, entrou com Pedido de Suspenção de Liminar no Supremo Tribunal Federal " STF, para afastar o Prefeito do Município de Vitória do Xingu José Caetano do cargo....
31/01/2020 - Reportagem - ERIVANDO AMARAL, EX-PREFEITO DE VITÓRIA DO XINGU, FOI CONDENADO
Erivando Amaral conhecido popularmente por Vando, Ex-Prefeito do Município de Vitória do Xingu foi condenado pela Justiça Estadual de Altamira, no oeste paraense....
11/10/2019 - Reportagem - CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO,ENCONTRA IRREGULARIDADES EM PAGAMENTOS DE SEGURO EM VITORIA DO XINGU "ATÉ FUNCIONÁRIOS E SÓCIO DE EMPRESA ESTAO ENTRE OS PESCADORES"
O Relatório produzido pela controladoria em decorrência do V05º Ciclo do Programa de Fiscalização em Entes Federativos....
06/10/2019 - Reportagem - EX-PREFEITO DE VITORIA DO XINGU, "ERIVANDO AMARAL", NÃO QUER CUMPRIR PENA
 Ex-Prefeito de Vitória do Xingu no sudoeste paraense Erivando Amaral conhecido popularmente por Vando Amaral, foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pará, ao contratar fraudulentamente o serviço de transporte escolar sem prévia licitação entre outro crimes praticado....
28/09/2019 - Reportagem - Diárias não comprovadas reprovam contas de 2017 da Câmara de Vereadores Vitória do Xingu
A prestação de contas de gestão de 2017 da Câmara de Vereadores de Vitória do Xingu foi reprovada pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará (TCMPA) ...
23/09/2019 - Reportagem - Relatório produzido pelo Ministério do Pará Aponta Irregularidade em Licitação envolvendo Câmara de Vereadores de Vitória do Xingu
O Ministério Público de Altamira, através 5ª. Promotoria de Justiça de Improbidade Administrativa determinou abertura de investigação para apurar denunciar de fraude em licitação Contrato Administrativa nº. 20170021,...
15/08/2019 - Reportagem - AUDITORIA GERAL DO ESTADO DO PARÁ, REPRESENTOU O PREFEITO DE VITÓRIA DO XINGU NO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTAUDAL, PELO NÃO CUMPRIMENTO DO PROGRAMA
Auditoria Geraldo do Estado do Pará, veio ao município de Vitória do Xing no oeste paraense, no dia 07 de agosto do corrente, onde realizou visita técnica no "Programa Asfalto na Cidade", foi detectada pelo Auditor Felipe José Gianino Moneiro, ...
04/08/2019 - Reportagem - SEIS ANOS, APÓS FEITA DENUNCIA NO MINISTÉRIO PUBLICO ESTADUAL,
O Portal do Jornal Amata, fez duas reportagens sobre a denúncia, que segundo a denúncia oito parlamentares município no oeste paraense.Narra a denúncia que entre pelo eleitor que os vereadores estava recebendo mesada de uma empresa que na época tinha contratos de licitações com a Câmara....
09/07/2019 - Reportagem - TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO PARÁ "TCM, "REPROVOU" AS PRESTAÇÕES DAS CONTAS DA CÂMARA MUNICIPAL DE VITORIA DO XINGU
O Plenário do Tribunal de Contas dos Municípios "TCM, reprovou as prestações das contas da Câmara Municipal nos exercícios de 2011 e 2012. A frente do poder legislativo municipal estava a ex-vereadora Luzia Efigênio....
07/07/2019 - Reportagem - PRESTAÇÃO DE CONTAS DO VICE " PREFEITO DE VITÓRIA DO XINGU, "MURILO SOUSA" FORAM REPROVADAS PELO TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS
O Tribunal de Contas dos Municípios " TCM "PA, não admitiu o recurso da defesa do ex-secretário e atual vice-prefeito de Vitória do Xingu Murilo Sousa (PSL)....
05/07/2019 - Reportagem - TCM DO PARA REPROVA CONTAS DA PREFEITURA DE VITORIA DO XINGU
Em sessão realizada no último dia 25 de junho o TCM/PA, analisou a prestação de contas da Secretaria Municipal de Ação Social do Município de Vitória do Xingu, do exercício de 2017 e a frente da pasta Maria das Neves....
20/06/2019 - Reportagem - ONGs pedem que Europa e Canadá suspendam negócios com o Brasil
Mais de 340 organizações internacionais assinam uma carta aberta pedindo que a União Europeia interrompa imediatamente as negociações comerciais com o Brasil. O pedido acontece em meio a tratativas para um acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia....
05/05/2019 - Reportagem - JUSTIÇA ESTADUAL DE ALTAMIRA, ATENDE PEDIDO DO MINISTÉRIO PUBLICO ESTADUAL E DETERMINA BLOQUEIO DOS BENS DOS EX-SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE VITÓRIA DO XINGU
O Ministério Público Estadual de Altamira, conseguiu na Justiça Estadual de Altamira através do pedido de liminar assinado pelo Promotor de Justiça da 5ª. PJ Daniel Bona Braga, o bloqueio de bens dos ex-secretário municipais de Vitória do Xingu....
17/04/2019 - Reportagem - MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL DO PARÁ, INVESTIGA À CÂMARA MUNICIPAL DE VITORIA DO XINGU
 O Ministério Público Estadual de Altamira no oeste paraense, a bastante tempo vem investigando a Câmara de Vereadores de Vitória do Xingu.O Porta do Jornal Amata, teve acesso a diversos procedimentos em andamento pelo MPPA....
16/04/2019 - Reportagem - O PREFEITO DE VITÓRIA DO XINGU, SERÁ OUVIDO NESTA QUARTA DIA 17 EM AÇÃO PENAL
A Denúncia ofertada pelo Ministério Público Estadual do Pará, contra diversos parlamentares de Vitória do Xingu, sobre a fraude na aprovação do projeto de redução do ISS do município, para beneficiar as empresas Construtora da Hidrelétrica de Belo Monte....
12/09/2018 - Reportagem - Ministério Público Estadual de Vitória do Xingu, "não consegue avança nas investigações, "o tem município têm aproximadamente cinquenta ruas"
A Promotoria da 5ª. Promotoria de Justiça de Altamira que tem jurisdição sobre o município de Vitória do Xingu no Oeste do Pará, não consegue frear as diversas irregulares que vem ocorrendo no menor município da região da transamazônica em termos de ruas. ...
20/06/2018 - Reportagem - O PRESIDENTE DO PARTIDO PROGRESSISTA DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA DO XINGU, "SEBASTIÃO PRETINHO," REFORÇA PEDIDO DO MINISTÉRIO PÚBLICO PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO
O Partido Progressista de Vitória do Xingu, através do seu presidente Pretinho Cuiabano, peticou junto a 3ª. Vara Civil da Comarca de Altamira no oeste paraense, pedido de providencias para que a Justiça dê andamento na ação proposta pelo MPPA....
14/05/2018 - Reportagem - EX- PREGOEIRO DA PREFEITURA DE VITORIA DO XINGU É PRESO
Foi preso neste domingo (13), na cidade de Aparecida de Goiânia, Marcelo dos Santos Marreiros, que era procurado na Operação Lessons, deflagrada em abril pelo Ministério Público do Estado. ...
14/05/2018 - Reportagem - FALCATRUA EM VITORIA DO XINGU!!! MINISTÉRIO PÚBLICO PODE REQUERER NA JUSTIÇA AFASTAMENTO DO PREFEITO
O Município de Vitória do Xingu no oeste paraense é palco de grandes esquema de corrupção, que não parou no atual governo José Caetano (PSB)....
13/05/2018 - Reportagem - MINISTERIO PUBLICO APURA IRREGULARIDADES EM VITORIA DO XINGU
O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) esta apurando se as pessoas denunciadas, por envolvimento em fraudes em licitações no município de Vitória de Xingu tiveram enriquecimento ilícito....
01/11/2017 - Reportagem - JUSTIÇA FEDERAL, NEGA PEDIDO DE PRISÃO PARA O EX-PREFEITO DE VITÓRIA DO XINGU
A Subseção da Justiça Federal de Altamira, negou o pedido do Ministério Público Federal, para determinar ordem de prisão do ex-prefeito de Vitória do Xingu Anselmo Hoffman no oeste paraense. A decisão do Juiz Federal Paulo Mitsuru Shiokawa Neto foi publicada no dia 26 de outubro....
19/10/2017 - Reportagem - PROMOTORIA ELEITORAL DE VITÓRIA DO XINGU, EMITE PARECER À JUSTIÇA ELEITORAL, PARA CASSAR MANDATO DO PREFEITO
O Ministério Púbico Eleitoral da 18ª. Zona Eleitoral que abrange os municípios de Vitória do Xingu, Altamira e Brasil Novo no Oeste do Pará emitiu parecer favorável na data hoje dia 19, para cassar a chapa encabeça pelo prefeito José Caetano e Murilo Sousa....
05/10/2017 - Reportagem - - CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO " CGU, REALIZA FISCALIZAÇÃO EM VITÓRIA DO XINGU
A Controladoria Geral da União - CGU realiza fiscalização no município de Vitória do Xingu, no oeste do Estado do Pará....



Capa |  Altamira  |  AMATA ASSOCIE-SE  |  Castelo de Sonhos  |  Desmatamento na Amazônia  |  ECOLOGIA  |  Educação Ambiental  |  ESPORTES  |  Hidrelétrica de Belo Monte  |  HIDRELÉTRICA DO TAPAJÓS  |  Opinião  |  Política  |  Poluição  |  SAUDE  |  Transamazônica  |  Turismo no Xingu
Busca em

  
1128 Notícias