| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

JORNAL AMATA
Desde: 13/06/2001      Publicadas: 1042      Atualização: 13/10/2018

Capa |  Altamira  |  AMATA ASSOCIE-SE  |  Castelo de Sonhos  |  Desmatamento na Amazônia  |  ECOLOGIA  |  Educação Ambiental  |  ESPORTES  |  Hidrelétrica de Belo Monte  |  HIDRELÉTRICA DO TAPAJÓS  |  Opinião  |  Política  |  Poluição  |  SAUDE  |  Transamazônica  |  Turismo no Xingu


 Castelo de Sonhos

  12/05/2009
  0 comentário(s)


HOMEM MORRE VÍTIMA DE CHOQUE EM REDE ELÉTRICA

Mauro Ferreira de Souza, 62 anos, faleceu vítima de choque em uma rede elétrica próxima a sua casa, no bairro São José, em Castelo de Sonhos.



Segundo a família, ele foi chamado por um vizinho para fazer a manutenção na rede, porque no comercio estava sem energia, ao subir no poste, sem equipamento necessário para a operação, seu Mauro levou um choque. Ao avisar que havia levado o choque, amigos de seu Mauro o retiraram do poste, ele ainda falava, mas aos poucos foi desfalecendo.
Em seguida foi encaminhado ao Posto de Saúde local, mas não resistiu e veio a óbito, às 10 horas da manhã de hoje.

A enfermeira responsável pelo Posto de Saúde informou a família, que a causa mortis foi INFARTO.
O sr. Mauro já havia sofrido duas ameaças de derrame há alguns dias atrás, se queixava também de dores nos rins e tossia muito, o estado de saúde dele não era dos melhores e ele ainda nem havia se recuperado.O choque foi apenas uma conseqüência, visto que o estado de saúde dele inspirava cuidados.
Seu Mauro, como era conhecido por todos, tinha uma horta em sua casa, onde cuidava todos os dias e vendia verduras pela cidade, porem, devido a falta de manutenção de energia no seu bairro, ele mesmo subia e "consertava".

O bairro São José é extenso, cheio de moradores que não dispõem dos serviços da rede Celpa, usando apenas os chamados "gatos". Assim, os moradores se viram como podem para poder ter energia, em uma situação precária e de alto risco para a população, com postes feitos pelos próprios moradores, que não chegam a medir, na maioria das vezes, 3 metros de altura, colocando vidas em risco, por não contar com a manutenção da operadora de energia.

Procurado por nossa reportagem, o responsável pela rede Celpa local nos informou que vem reivindicando da Celpa a legalização do referido bairro, porém, sem resposta. Já foram enviados croquis do bairro, com medição e pontos de GPS, tudo devidamente registrado para que sejam atendidos com legalidade, mas a Celpa não responde e assim coloca vidas em risco diante da situação em que vivem os moradores daquele bairro.

"A Celpa não pode dá assistência, visto que para se dá assistência a uma devida localidade, tem que ter o numero da Unidade Consumidora (U.C.)", justificou o responsável. "Mas sempre estamos avisando as pessoas, que não subam nos postes, pois apenas podem subir pra prestar manutenção, pessoal autorizado pela Celpa e devidamente equipado, para que não ocorram acidentes como este", completou ele.
  Autor:   Douglas Araújo


  Mais notícias da seção Notas no caderno Castelo de Sonhos
20/11/2011 - Notas - Mensagem de natal e Ano novo do fundador de Castelo de Sonhos Sr. Leo Heck
Primeiramente quero agradecer a todos que aqui chegaram para completar o sonho que tive no ano de 1976. Com uma idéia na cabeça e a força das minha mãos para construir a nossa cidade....



Capa |  Altamira  |  AMATA ASSOCIE-SE  |  Castelo de Sonhos  |  Desmatamento na Amazônia  |  ECOLOGIA  |  Educação Ambiental  |  ESPORTES  |  Hidrelétrica de Belo Monte  |  HIDRELÉTRICA DO TAPAJÓS  |  Opinião  |  Política  |  Poluição  |  SAUDE  |  Transamazônica  |  Turismo no Xingu